Como monetizar com o Fidelidade?

Olá comunidade, tudo bem? Estou criando um clube de benefícios para consumidores de cafés. A ideia é oferecer cupons de desconto em cafeterias, cafés e cursos relacionados ao tema. Num primeiro momento não vou conseguir monetizá-lo com anúncios, principalmente por que terei ainda poucos usuários do app. Então pensei em monetizar de alguma forma usando o Fidelidade. Você tem alguma ideia de como posso usar esse programa para monetizar? Como, por exemplo, cobrar 10% sobre o valor do ponto de troca? Não sei. Estou pensando. Alguém pode me ajudar?

Oi @Joao_Ricardo. Sempre indico fazer parcerias com estabelecimentos fazendo alguns pacotes. Rentabilizar o fidelidade através do número de validações vai te dar bastante operação.

Por exemplo:

Pacote 1:

  1. seu estabelecimento no app com imagem + texto + redes sociais + endereço + horario de funcionamento
    b) uma imagem rotativa na home do seu app divulgando o seu estabelecimento

R$: 100 por mês (valor fictício)

Pacote 2

  1. seu estabelecimento no app com tudo o que está no pacote anterior + geolocalizalização + botão de redirecionamento para whatsapp
  2. uma imagem rotativa na home do seu app divulgando o seu estabelecimento com link direcionado
  3. Seu estabelecimento com uma campanha ativa dentro do sistema de fidelidade.

R$: 200 por mês (valor fictício)

Espero ter ajudado.

3 Curtidas

Sendo já o desmancha prazer, mas este tipo de projeto dificilmente ou quase nunca dá certo.
Se estou entendendo corretamente, vejo neste caso mais um sonho que irá naufragar nas primeiras tentativas de venda do objeto.

Não é que eu esteja maldizendo a iniciativa, mas já vi casos e casos iguais a este esbarrar no primeiro grande obstaculo genérico a todos.

Quando alguem monta um projeto assim, cai no mesmo erro de sempre.
Cria-se a plataforma e ai começa a visitar os possiveis anunciantes, sem se tocar na ideia de que qualquer possivel anunciante só irá investir e acreditar no projeto, a partir do momento que este projeto seja de conhecimento popular.

Qualquer possivel anunciante vai fazer duas perguntas básicas:
Quantas vezes o seu aplicativo já foi baixado?
Quantas pessoas estão usando ativamente este aplicativo?

Ate hoje, eu nunca vi alguem popularizar primeiramente o aplicativo pra depois começar a faturar.
Todos querem faturar pra depois começar o investimento em midia.
É ai que o projeto afunda.
Pois não consegue quem vai pagar a despesa.

Quem faz um app ou site de classificados ou que precisa de anunciantes, terá que ter percorrido uma longa estrada antes de chegar ao patrocinardor final e principalmente ter já gasto os R$10.000,00 ou mais em mídia online e rádio, tv, outdoors etc.

Não tem como e não terá sucesso nenhum projeto que não seja de conhecimento popular.

Desculpa pelo balde de gelo - mas esta é a realidade dos fatos.

3 Curtidas

@agenciaamazoniadigit vc tem razão mas, em contrapartida é necessário começar. As parcerias aparecem sendo solicitadas. Lembre-se: a Amazon começou em uma garagem.

3 Curtidas

@BrunaPalma excelente explicação.

Parabéns!

1 Curtida

Não é simplesmente um balde de Gelo, você só foi 100% transparente e realista com o mercado.

Só não acrescentou no final que o @Joao_Ricardo tem que iniciar e acreditar.

Muitas outras tentativas de criação de App’s que deram errado, podem ter faltado algum tempero, e quem sabe é o App do João que quebrará esse paradigma negativo neste segmento.

Mas ressalto que você externou muito bem. Seu texto, foi realista e também estratégico para quem souber extrair os pontos fracos e/ou frustante que você abordou.

Grande abraço,

1 Curtida